Ética Kantiana e Libertarianismo

Immanuel Kant (1724-1804) foi um dos filósofos mais influentes de todos os tempos. Seu trabalho foi tanto exemplar do Iluminismo quanto, em alguns aspectos, profundamente crítico dele. Ele fez contribuições importantes a todos os principais subcampos da filosofia, e poucas investigações filosóficas desde seu tempo foram capazes de contornar as questões que ele levantou. Resumir o trabalho de tal figura pode ser difícil, mas deve-se dizer primeiro que Kant era acima de tudo um defensor da livre investigação e do poder da razão humana. Embora ele identificasse certos tópicos particulares sobre os quais acreditava que a razão era obrigada a permanecer em silêncio, ele não negou o poder dela em nenhum outro caso. Pelo contrário, afirmou-a.