Por que as línguas morrem?

A história dos idiomas do mundo é, em grande parte, uma história de esquecimento e declínio. Em torno de 8000 a.C, os linguistas estimam que existiam mais de 20.000 idiomas. Hoje, o número está em 6.909 e caindo rapidamente. Em 2100, é bem realista esperar que metade desses idiomas esteja extinto, seus últimos falantes mortos, suas palavras talvez registradas em um arquivo empoeirado em algum lugar, mas, provavelmente, completamente não documentadas.