Trabalho infantil durante a Revolução Industrial Inglesa

Durante o fim do século XVIII e o começo do século XIX, a Grã-Bretanha se tornou o primeiro país a se industrializar. Por conta disso, também foi o primeiro país onde a natureza do trabalho das crianças mudou tão dramaticamente que o trabalho infantil passou a ser um problema social e uma questão política. Este artigo examina o debate histórico sobre o trabalho infantil na Grã-Bretanha, a resposta política aos problemas com trabalho infantil, as evidências quantitativas sobre trabalho infantil durante os anos 1800, e as explicações econômicas para a prática do trabalho infantil.

A desigualdade causou a Primeira Guerra Mundial? Contra Hobson-Lênin-Milanovic

Em uma pequena seção no seu novo livro, Branko Milanovic argumenta que a Primeira Guerra Mundial foi causada em última análise pela desigualdade de renda e riqueza entre os países beligerantes, ressuscitando as ideias de John A. Hobson, Rosa Luxemburgo e Lênin. O argumento básico: alta desigualdade doméstica → 'subconsumo' das massas e poupança de ‘excedente’ pelas elites → exportação de capitais, isto é, procura por destinos além-mar de investimentos → a “disputas por colônias” e imperialismo → (uma causa maior da) GUERRA.

Eu examino cada elemento nessa linha de raciocínio e rejeito a visão da “Primeira Guerra Mundial endógena”.

Esse médico tornou as cirurgias cardíacas mais acessíveis aos pobres abraçando a produção em massa

Enquanto ele continuava realizando cirurgias cardíacas em Calcutá, Shetty estava chateado de perceber que a maioria dos seus pacientes não tinha meios de pagar pelo procedimento. 2500 dólares era muito dinheiro para seus pacientes e muitos simplesmente não tinham dinheiro para isso. "Quando eu dizia aos pacientes o custo, eles desapareciam. Eles literalmente sequer pediam um desconto", disse uma vez. Mas Dr. Shetty não estava contente de se manter inerte enquanto seus pacientes ficavam sem cuidados. Em vez disso, ele encontrou um jeito de revolucionar todo o campo de cirurgia cardíaca ao se aproximar da perspectiva empreendedora.